Total de visualizações de página

sábado, 2 de novembro de 2013

Mentiras





E ele olhou no fundo dos meus olhos e mentiu...
Mentiu como se não fosse nada....
Mentiu como sé não fosse mentira
Mentiu como se o amor fosse uma xícara de café amargo
E amargo ficou o meu amor,
Ficou pequeno,
Ficou doido,
Ficou menos....
Ficou nada, assim como a mentira dele.


Sobre demônios e anjos




Cala- te, boca maldita!
Quero ouvir o canto dos anjos,
e não o sussurro dos demônios que me rodeiam.