Total de visualizações de página

terça-feira, 11 de outubro de 2011

Despertar



Doce desencanto estende teu manto e me acorda sutil.
Beija-me voraz na despedida.. Parte ao amanhecer.
Reconheço agora a névoa úmida do despertar.
Ainda sinto o gosto dele, mas... é hora.
Hora de abrir os olhos.